Games

Caça-níqueis como o Top Game são abolidos da TV

Divulgação/Reprodução

No ar há vários anos pela Band, RedeTV! e Rede Brasil, os famigerados programas idênticos caça-níqueis, mas com títulos distintos, tais como “Super Bônus”, “Top Game” e “Game Phone”, não fazem mais parte da televisão brasileira. Com a idoneidade questionada, atrações como essas vinham sendo alvo de uma investigação conduzida pelo Ministério Público Federal desde 2015.

O último programa foi o “Top Game”, que deixou a grade da Rede Brasil no dia 1º de setembro, um domingo. Desde o dia 2, o contrato com a produtora G2P expirou e por decisão da emissora, não foi renovado.

O formato é sempre o mesmo. Um rosto bonito tenta persuadir o telespectador a ligar para o número que aparece na tela desembolsando cerca de R$ 5,99 por minuto para ganhar “prêmios incríveis”. Geralmente, o desafio era encontrar algum tipo de erro na imagem mostrada.

Antes de entrar no ar, o telespectador tinha que passar por uma espécie de “concurso cultural” com perguntas relativamente simples. “Fernando Collor sofreu impeachment em 2016: verdadeiro ou falso?” ou “o gato é um felino?”, dentre outras perguntas deste tipo. A busca era para quem estivesse em casa não desanimasse e acumulasse pontos no objetivo de falar ao vivo na TV e abocanhar o prêmio maior.

O fim de uma era

Acontece que esse tipo de programa não existe mais. Na Band, a maior vitrine, por exemplo, está fora desde o início de 2018.

Youtuber relevante por combater esse tipo de formato desde 2017, Rogério Betin comemora o fim dos call TV. “Me sinto muito feliz e aliviado que minha luta foi válida. Soube que depois das minhas denúncias, o faturamento desses programas despencou, e não conseguiram mais pagar por bons horários nas maiores emissoras de TV”, declarou ele ao NaTelinha.

Em seu canal no YouTube, Betin mostrou processos contra a produtora do “Top Game” (G2PTV), que teve bens penhorados na Justiça.

Vários telespectadores que se sentiram lesados foram à Justiça buscar seus direitos. Poucos, no entanto, tiveram êxito.

Em um dos processos mostrados pelo youtuber, até mesmo o juiz utilizou o termo “ludibriar” para dar ganho de causa a um participante. “Nesse sentido, em vista a conduta reiterada da ré em ludibriar os seus participantes, somado ao constrangimento vivido pela autora, mister se faz a indenização por danos morais”, diz a sentença.

Nem mesmo a decisão obrigando a G2PTV a pagar os prêmios, ela o fez. Uma busca financeira foi realizada, utilizando os sistemas Bacenjud e Renajud, e a quantia encontrada foi de 0 reais. Trocando em miúdos, a produtora limpou as contas e o juiz não conseguiu pagar a quantia devida.

Dito isso, houve até busca e apreensão no endereço da G2PTV, onde foram encontradas uma TV de LED de 32″ no valor de R$ 900, duas TVs de LED de 42″ no valor de R$ 1.234 cada uma, dentre outros eletrônicos.

O autor do processo não queria os objetos, que foram à leilão.

CPI das Antenas

No final de agosto, a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) recebeu executivos para averiguar possíveis irregularidades de empresas de telecomunicações que operam na cidade de São Paulo.

O diretor da Rede Brasil de Televisão, Giancarlo Sartorello, esteve presente e explicou aos parlamentares quando questionado, que o “Top Game” é de responsabilidade de outra empresa. Cabia ao canal apenas ceder o horário por um valor previsto em contrato.

O vereador Claudinho de Souza questionou a responsabilidade da diretoria em avaliar o conteúdo exibido, levando em conta que esse formato lesaria, na avaliação do parlamentar, muitos telespectadores. “Esse tipo de programa é um roubo ao cidadão, que está desesperado para resolver alguma pendência financeira. É algo desumano e desonesto”, afirmou ele.

A decisão, segundo o executivo, foi “puramente comercial”, mas ele se comprometeu a não renovar com a empresa. E cumpriu. Desde o início do mês, o “Top Game” não é mais exibido.

Procuradas, RedeTV!, Band e Rede Brasil confirmaram que não exibem mais esse tipo de programa.

O NaTelinha também enviou diversos questionamentos à G2PTV, mas não obteve resposta até o fechamento desta matéria. (Na Telinha)

Tópicos relacionados

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Agregalinks - O melhor agregador para blogs

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 1 outro assinante