Cassino

Deputados defendem liberação dos cassinos no Brasil

Os deputados Vermelho Maria, Newton Cardoso Jr. (presidente da Comissão de Turismo da Câmara), Herculano Passos (presidente da Frentur) e Ricardo Guidi participaram do painel “Projetos que geram Impacto Econômico no Turismo” (Foto: Eric Ribeiro)

No último dia de programação do Encontro de Líderes, evento realizado no Wish Foz do Iguaçu – que reuniu entidades e o trade turístico afim de fomentar o setor brasileiro e discutir pautas econômicas -, os deputados federais Vermelho Maria, Herculano Passos, Ricardo Guidi e Newton Cardoso Júnior participaram do painel “Projetos que geram Impacto Econômico no Turismo” onde falaram sobre a liberação e regulamentação de casinos e outros jogos no Brasil como forma de desenvolver ainda mais o turismo nacional.

O evento reuniu na última quinta (16) e sexta-feira (17) os líderes da cadeia produtiva do turismo, empresários e representantes públicos das esferas municipais, estaduais e federais, além de representantes de organismos como Banco Mundial, Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Confederação Andina de Fomento (CAF), BNDES, Banco do Nordeste, Caixa Econômica Federal, Prodetur, agências de fomento e fundos de investimentos nacionais e internacionais.

O cassino é proibido no Brasil desde 1946, e nos últimos anos, a liberação e regulamentação dos cassinos e outros jogos de azar é um assunto muito debatido na Câmara e no Senado. Por isso, uma comissão especial se reuniu pra tratar da liberação dos planos de jogos, a fim de regulamentar o jogo do bicho, bingos, cassinos, apostas esportivas no país, trazendo uma luz nova para um segmento que vive a muito tempo embaixo dessa ilegalidade através do PL 442/91.

“O país tem perdido a mais de 70 anos uma grande contribuição em diversas áreas, mas especialmente no turismo, ao não investir nesse segmento. 600 mil empregos seriam gerados com a liberação de jogos, teríamos uma arrecadação esperada da ordem de 30 bilhões de reais em tributos por ano, um número extremamente relevante e que contribuiria com o a recuperação do déficit primário brasileiro, que hoje é muito grave. Uma atividade dessas mesmo que com poucos cassinos no Brasil, permitiria uma contribuição muito específica para recuperação da economia brasileira”, alegou Newton Cardoso.

“Quando você tira da informalidade, você gera emprego. Essa formalidade vai trazer a arrecadação”, explicou Vermelho Maria. “Nós temos muito a fazer ainda. Não tenho dúvida de que essa legislatura com certeza fará diferença. Temos que modernizar esse País, não dá mais para o Brasil não ter casinos! O turismo está pronto, nós temos a natureza, temos o que mostrar para o povo, basta os interesses políticos não atrapalharem o trade turístico do Brasil”, complementou.

Herculano Passos vê o turismo como um impulsionador econômico e social capaz de tirar o Brasil da crise. “Quando falamos em cassino, estamos perdendo tempo e dinheiro, deixando de arrecadar impostos e gerar empregos na formalidade. Temos que aprovar essa matéria e acho que o momento está propício na Câmara dos Deputados. Após a aprovação da reforma da previdência tenho certeza que esse debate irá evoluir”, disse o deputado.

Como case de sucesso, Herculano citou Cingapura, que após a liberação dos Casinos, teve um aumento no fluxo de turistas, que foi de 10 milhões de turistas estrangeiros por ano para 18 milhões. “O Casino é o Chamariz do desenvolvimento e ele teria uma contribuição enorme na economia brasileira”, afirmou Passos. Ricardo Guidi disse que a comissão de turismo vai fazer o máximo para fazer a diferença e melhorar o cenário do turismo nacional. “O casino pode incrementar muito o turismo do Brasil, é uma pauta importante e deve ser liberado para que seja do benefício de todos. Temos que pegar esse assunto e tentar resolver o mais breve possível”, declarou. (Mercado & Eventos – Janaina Brito)

Tópicos relacionados

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Agregalinks - O melhor agregador para blogs

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 1 outro assinante