Esporte

Ex-Jogador da seleção brasileira esclarece suspeita de fraude em loteria

Foto: Acervo CBF

O ex-jogador de futebol, Edilson ‘Capetinha’ relembrou uma acusação de suposto envolvimento em um golpe que realizava vários tipos de fraude, incluindo a recepção irregular de prêmios de loterias esportivas. A situação se desenrolou no segundo semestre de 2015 e ele fez questão de esclarecer tudo em sua participação no programa da Rede Globo, Conversa com Bial.

De acordo Edilson, a sua acusação ocorreu por atender um telefonema de um alguém que estava envolvido na fraude e tinha o telefone grampeado. O ex-atleta assegurou que não tinha conhecimento de nada e acabou absolvido das acusações, aproveitando a participação na atração global para dar a sua versão dos fatos.

Em entrevista ao jornalista Pedro Bial, ele salientou que as pessoas ficaram com essa imagem dele. E, por isso, ele solicitou para tratar deste tema a fim de esclarecer todos os fatos.

Segundo a Istoé, o golpe acontece com a captação e validação de prêmios na retirados pelos verdadeiros sorteados. Portanto, os integrantes da quadrilha falsificavam os bilhetes e pegavam tudo na Caixa Econômica Federal, repartindo a quantia entre os envolvidos.

Relembre a acusação a Edilson

Conforme reportagem do jornal O Globo, o Ministério Público até solicitou a prisão de Edilson na época, durante a investigação da Polícia Federal. Entretanto, o pedido foi negado pela Justiça, resultando em um mandado de busca e apreensão na residência dele.

A suspeita foi de que o jogador utilizava a sua influencia para aliciar funcionários da Caixa para integrar o golpe das loterias. Diversos papéis e documentos foram apreendidos na casa de Edilson no momento da busca. As investigações levaram a prisão de 13 pessoas e a convocação de várias outras para prestar esclarecimentos às autoridades.

Agora, Edilson revelou que acabou absolvição de qualquer envolvimento neste esquema de fraude.

Crédito: Reprodução/TV Globo
Reprodução/TV Globo

Carreira de Edilson

Como jogador, Edilson ganhou o apelido de Capetinha e teve passagens marcantes em vários clubes nacionais: campeão brasileiro por Palmeiras (1993) e Corinthians (1998 e 1999), e campeão estadual por Palmeiras (1993 e 1994), Corinthians (1999), Flamengo (2001) e Vitória (2004). Além disso, ele foi campeão com a Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2002. (ISTOÉ)

Tópicos relacionados

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Agregalinks - O melhor agregador para blogs

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 1 outro assinante